Fotos e fatos

O vampiro (Baudelaire)

Blog de debemtevi :Dé Bem-Te-Vi, O vampiro (Baudelaire)

O Vampiro 

Tu que, como uma punhalada,
Entraste em meu coração triste;
Tu que, forte como manada
De demônios, louca surgiste,


Para no espírito humilhado
Encontrar o leito e o ascendente;
- Infame a que eu estou atado
Tal como o forçado à corrente,


Como ao baralho o jogador,
Como à garrafa o borrachão,
Como os vermes a podridão,
- Maldita sejas, como for!


Implorei ao punhal veloz
Que me concedesse a alforria,
Disse após ao veneno atroz
Que me amparasse a covardia.


Ah! pobre! o veneno e o punhal
Disseram-me de ar zombeteiro:
"Ninguém te livrará afinal
De teu maldito cativeiro.


Ah! imbecil - de teu retiro
Se te livrássemos um dia,
Teu beijo ressuscitaria
O cadáver de teu vampiro!"

sexta 11 maio 2012 12:13 , em Fotos e fatos


DIA DAS MÃES

Blog de debemtevi :Dé Bem-Te-Vi, DIA DAS MÃES

Deus não pode estar em todos os lugares e por isso fez as mães.

Ditado judaico
 
Mãe para quem tem é malhaviroso,  tenta ve-la todos os dias em  quando ela estiver entre nós, por que quando ela partir só vai deixar saudade. 
 
desconhecido.
 

O coração das mães é um abismo no fundo do qual se encontra sempre um perdão.

Honoré de Balzac

    Os filhos são para as mães as âncoras da sua vida.

    Sófocles

      Algumas mães são carinhosas e outras são repreensivas, mas isto é amor do mesmo modo, e a maioria das mães beija e repreende ao mesmo tempo.

      Pearl S. Buck

        Em princípio, não há nada que as mães desejem mais para os filhos do que vê-los casados, mas nunca aprovam as mulheres que eles escolhem.

        Raymond Radiguet

          Pais e filhos não foram feitos para ser amigos. Foram feitos para ser pais e filhos.

          Millôr Fernandes

            Mãe: palavra pequena, mas com um significado infinito, pois quer dizer amor, dedicação, renúncia a si própria, força e sabedoria. Ser mãe não é só dar a luz e sim, participar da vida dos seus frutos gerados ou criados. Obrigado por termos você.

            desconhecido
             
            Que dia  beijou  Mãe?, beije sempre o dia que você quiser pode ser tarde.
             

            Os braços de uma mãe são feitos de ternura e os filhos dormem profundamente neles.

            Victor Hugo

               

              quinta 10 maio 2012 05:00 , em Fotos e fatos


              História politica de Guanambi

              História política de Guanambi

              Crônicas de GuanambiBlog de debemtevi : Dé Bem-Te-Vi, História politica de Guanambi

              Dando seguimento à história política de Guanambi, escrita pelo meu avô Domingos Antônio Teixeira (Teixeirinha).

              Em 1966, em Guanambi foi formado o registrado um só partido: a ARENA, resultante da coligação de Dr. José Humberto com Joaquim Fernandes. Na eleição de 15 de novembro de 1966, foi eleito o candidato único a Prefeito de Guanambi Jonas Rodrigues da Silva, que tomou posse em abril de 1967. Também na eleição de 15 de novembro de 1966 foi eleito Deputado estadual o professor Vilobaldo Neves de Freitas, que recebeu expressiva votação em Guanambi, Caetité e Candiba. (RESPINGOS HISTÓRICOS, 1991, p. 108)

              Na construção deste acordo político, que gerou a união dos grupos de Dr. José Humberto Nunes, Joaquim Fernandes e Dr. Juca estabeleceram que Dr. José Humberto indicaria o candidato para Prefeito de Guanambi, e o grupo formado por Dr. Juca e Joaquim Fernandes, o candidato a Deputado Estadual que seria o genro de Dr. Juca, o Professor Vilobaldo. Parte do grupo de origem da liderança de Dr. Fernandes do qual fazia parte Dr. José Humberto não aceitaram este acordo, como Dr. Benjamin, os filhos do falecido Coronel Pedro Moraes, Almir e Dr. Sandoval, Otelino Ferreira, Senhor Othon do distrito de Morrinhos, a família dos Boa Sorte e outros. Como protesto, se recolheram politicamente, aguardando oportunidade futura para fazer frente a esse novo grupo político formado em Guanambi. Na eleição de 1970, continuava em Guanambi, só este novo grupo político e como candidato único foi eleito para Prefeito pela 3ª vez o médico Dr. José Humberto para um período de mandato de dois anos, conforme Legislação eleitoral vigente. Para Deputado Estadual novamente o Professor Vilobaldo foi eleito, e para deputado federal o grupo votou nos deputados Manoel Novaes e Odulfo Domingues e Prisco Viana. A votação deste grupo político foi dividida entre esses 3 deputados: Manoel Novais que já era o representante tradicional da nossa região na Câmara dos Deputados, Odulfo Domingues, a pedido do então governador Luis Viana Filho, o terceiro candidato foi o Secretário de Comunicação do Governo Luiz Humberto Prisco Viana, a pedido do Governador ao líder político local o Dr. José Humberto já próximo das eleições. Esse último pedido foi aceito em reconhecimento aos relevantes serviços e obras do governador do Estado da Bahia para este município. Como a inauguração do 1º Colégio estadual da região, em Guanambi. O Colégio Estadual Governador Luiz Viana Filho, a instalação da rede de energia elétrica em Guanambi, a estação de tratamento de água, pela então empresa SAAE, a construção do Fórum de Guanambi e a inauguração da agência do Banco do Estado da Bahia, nesse município. A votação para este candidato, Prisco Viana,  foi basicamente em Morrinhos, onde os líderes políticos o Vereador Lino Teixeira, Ilídio Monteiro, Osvaldo Pimentel, Generaldo, sua filha Leonor e seu genro Elvino e outros, atendendo a solicitação de seu Líder maior Dr. José Humberto Nunes, que votaram maciçamente no candidato indicado Prisco Viana, que obteve naquele distrito a votação, em torno de 500 votos.

              Em 1972 só existia um grupo político em Guanambi, ligado a ARENA, naquela época o sistema era bipartidarismo a ARENA e o MDB. O grupo que não aceitou o acordo entre Dr, José Humberto e Dr. Juca, começava organizar uma frente partidária para enfrentar o grupo que dominava a política neste município desde 1954. Para liderar o novo grupo escolheram o agropecuarista e ex. Prefeito de Caetité José Neves Teixeira, mais conhecido como Senhor Binha, que tinha feito uma boa administração na prefeitura da cidade vizinha, de Caetité. O Sr Binha se destacou em toda a região e era uma pessoa com carisma e liderança nata, que exercia influência na classe emergente dos agropecuaristas que surgiram como grande força econômica em Guanambi e região. O Senhor Binha somava com os nomes de outras lideranças locais, como os filhos e neto do falecido Cel. Pedro Moraes, Almir Morais, Dr. Sondoval e Nilo Coelho, Dr. Vá Boa Sorte, Sr. Otelino, Jaques Baleeiro, Dr. Benjamim e outros. Estes políticos filiaram na ARENA, com a intenção de conseguir a sublegenda para disputar as eleições municipais. Como na época o sistema era o do bipartidarismo.  Os partidos se subdividiam. A ARENA, podia ter dois ou mais grupos, que eram chamados de ARENA 1, ARENA 2 e ARENA 3,  conforme legislação eleitoral vigente. O governador e líder da Bahia ACM, não autorizou à Executiva Estadual, conceder em Guanambi, a criação da Arena dois. Sendo assim, de novo as eleições de 1972, disputada por um único candidato o Sr. Jonas Rodrigues, pela segunda vez. Ao novo grupo político recém formado só restava fazer a campanha para o voto branco, para alcançar metade dos números de votantes o que anularia a eleição para prefeito, assim estabelecida na Lei eleitoral. Na eleição de 15 de novembro de 1972, o candidato único a prefeito de Guanambi o Sr. Jonas Rodrigues, obteve a maioria dos votos válidos, sendo eleito para o período de 1972 a 19 76.

              Artigo escrito por José Bonifácio Teixeira

              segunda 07 maio 2012 10:16 , em Fotos e fatos


              Grupo percorre cidades em mulas para conhecer pontos religiosos Fiéis de Brasília percorrem cidades

              Blog de debemtevi :Dé Bem-Te-Vi, Grupo percorre cidades em mulas para conhecer pontos religiosos Fiéis de Brasília percorrem cidades

               

                                                  Bom Jesus da  Lapa

              Blog de debemtevi : Dé Bem-Te-Vi, Grupo percorre cidades em mulas para conhecer pontos religiosos Fiéis de Brasília percorrem cidadesUm grupo de Brasília está percorrendo algumas cidades do oeste baiano montado em mulas. A comitiva Kalunga é de Planaltina, Distrito Federal. Existe há 10 anos e tem como objetivo desbravar o Brasil, conhecendo pontos turísticos religiosos.

              Os membros do grupo são chamados muladeiros. O local escolhido desta vez foi Bom Jesus da Lapa, cidade considerada a capital da fé da Bahia.

              Três caminhões para as bagagens e transporte dos animais para trechos de asfalto fazem parte da estrutura que acompanha os muladeiros durante a viagem. A cada hora de trajeto, a comitiva para com o objetivo de que as mulas descansem por 15 minutos para que a marcha seja reiniciada.

              As imagens levadas pelo grupo refletem a todo momento a religiosidade. "Essa imagem para na minha mão para quê?  Eu saio com ela, abençoando a cidade, as pessoas que eu encontro na estrada", explica Vicente Cesario, aposentado.

              Entre os muladeiros, um tem motivo especial para chegar a Bom Jesus da Lapa. "Em 1966 eu cumpri uma promessa para minha avó, com problema de saúde, ela me levou a Bom Jesus da Lapa. Foi um gesto de fé, cumprir uma promessa e agora eu estou retornando 46 anos após com o mesmo espírito de fé e trazendo essa lembrança [uma foto]", diz Ailton Carlos da Silva, aposentado.Blog de debemtevi : Dé Bem-Te-Vi, Grupo percorre cidades em mulas para conhecer pontos religiosos Fiéis de Brasília percorrem cidades

              segunda 07 maio 2012 04:59 , em Fotos e fatos


              Dia do trabalhador Onde tudo começou

              Blog de debemtevi :Dé Bem-Te-Vi, Dia do trabalhador  Onde tudo começou

              Blog de debemtevi : Dé Bem-Te-Vi, Dia do trabalhador  Onde tudo começou

              DOMINGO, 1 DE MAIO DE 2012

              O Dia do Trabalho no Brasil

               

              Blog de debemtevi : Dé Bem-Te-Vi, Dia do trabalhador  Onde tudo começou

              No Brasil, como não poderia deixar de ser, as comemorações do 1º de maio também estão relacionadas à luta pela redução da jornada de trabalho. A primeira celebração da data de que se tem registro ocorreu em Santos, em 1895, por iniciativa do Centro Socialista, entidade fundada em 1889 por militantes políticos como Silvério Fontes, Sóter Araújo e Carlos Escobar.

              Blog de debemtevi : Dé Bem-Te-Vi, Dia do trabalhador  Onde tudo começou

              Soter Araújo

              A data foi consolidada como o Dia dos Trabalhadores em 1925, quando o presidente Artur Bernardes baixou um decreto instituindo o 1º de maio como feriado nacional. Desde então, comícios, pequenas passeatas, festas comemorativas, piqueniques, shows, desfiles e apresentações teatrais ocorrem por todo o país.

              Blog de debemtevi : Dé Bem-Te-Vi, Dia do trabalhador  Onde tudo começou

              Com Getúlio Vargas – que governou o Brasil como chefe revolucionário e ditador por 15 anos e como presidente eleito por mais quatro – o 1º de maio ganhou status de “dia oficial” do trabalho.

              Era nessa data que o governante anunciava as principais leis e iniciativas que atendiam as reivindicações dos trabalhadores, como a instituição e, depois, o reajuste anual do salário mínimo ou a redução de jornada de trabalho para oito horas. Vargas criou o Ministério do Trabalho, promoveu uma política de atrelamento dos sindicatos ao Estado, regulamentou o trabalho da mulher e do menor, promulgou a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), garantindo o direito a férias e aposentadoria.

              Blog de debemtevi : Dé Bem-Te-Vi, Dia do trabalhador  Onde tudo começou

              Na Constituição de 1988, promulgada no contexto da distensão e redemocratização do Brasil após a ditadura militar (que perseguiu e colocou no mesmo balaio liberais, comunistas e cristãos progressistas), apesar de termos 80% dos tópicos defendendo a propriedade e meros 20% defendendo a vida humana e a felicidade, conseguiu-se uma série de avanços – hoje colocados em questão – como as Férias Remuneradas, o 13º salário, multa de 40% por rompimento de contrato de trabalho, Licença Maternidade, previsão de um salário mínimo capaz de suprir todas as necessidades existenciais, de saúde e lazer das famílias de trabalhadores, etc.

              A luta de hoje, como a luta de sempre, por parte dos trabalhadores, reside em manter todos os direitos constitucionais adquiridos e buscar mais avanços na direção da felicidade do ser humano.

              Blog de debemtevi : Dé Bem-Te-Vi, Dia do trabalhador  Onde tudo começou

              segunda 30 abril 2012 08:02 , em Fotos e fatos


              |

              Abrir a barra
              Fechar a barra

              Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para debemtevi

              Precisa estar conectado para adicionar debemtevi para os seus amigos

               
              Criar um blog